quinta-feira, 23 de setembro de 2010

Lua Cheia Primaveril

É noite de Lua Cheia Primaveril... Hoje eu queria me tornar um com você, com vinhos em honra aos Antigos e enlace das nossas almas. Queria poder sentir vivo o que certamente começamos há muito tempo. Queria você perto, bem perto mesmo. Perto o suficiente para ser eu em você e você em mim, nossos corpos tocando um ao outro. Nossos gostos nas pontas de nossas línguas. Nossos sons executados como música ou mantra, nossos corações percussivamente a soar. Nossos cheiros se misturando, entorpecendo cada parte do que ainda tivesse consciência. Eu queria voar com você, ir além do imaginado, queria que fôssemos o altar onde todas as bênçãos nos fariam acordar para o que somos, seres sagrados e franca representação do que se pode conhecer por divindade.
___
Honrar os antigos sem sair de casa. Honrando Eoster.

9 comentários:

Anônimo disse...

Nossa Sol! Que lindo!
Como é fácil hoje entender esses
seus textos... tão cheios de significado.
Me sinto honrada de poder entender um pouquinho (o conhecimento é infito) essa linguagem antiga que a muito meu coração entendia e gritava suplicando p/ ser compreendido, mas a minha mente não queria... Hoje há uma comunhão. Mente e coração vibrando na mesma intensidade e eu aqui, c/ cara de boba, feliz por ter me libertado da ingnorancia e feliz por ter existido e ainda existir pessoas iluminadas como você, que não deixam apagar essa chama tão antiga.

Um beijo e um forte abraço de sua
pequena amiga Alana.

Mai ۞ disse...

Ela chegou toda florecer meeesmo rs, e tu como sempre capta toda essa energia, transformando em palavras que emana sensações dignas de uma linda noite de lua cheia...conforme a música toca, ela dança exaltando a todos que traz em si os mais divinos desejos.. como sempre ler um tanto mais de , me manifesta alegrando meu ser...

Grata por compartilhar toda essa sua beleza!

Bjoos iluminados!

Victor disse...

Que beleza de ler, me lembra aquelas nossas conversas sobre estar com alguém além do contato físico!

Forte abraço!

.: il lima:. disse...

Suavemente lindo.
bjs amigo.

.: il lima:. disse...

Amigo irmão amado!

Obrigada pela visita singular. Você é sempre bem vindo em qualquer dos espaços que habito. Que esta vizinhança virtual nossa possa minimizar a distância que estamos.
um beijo enorme e obrigada pelo carinho de sempre!

amo tu zebim querido!

Lydhia Goes disse...

É impossível não me emocionar com o que vc escreve...
Venho visitá-lo em busca de palavras para alegrar meu dia e sempre consigo.
Obrigada Ju por escrever coisas tão lindas!!

Saudade amigo querido! =)

Frida Cores disse...

É essa sensação que quero ter todas as vezes em que fizer AMOR com vc.

Te amo.

Nat disse...

"Nossos cheiros se misturando, entorpecendo cada parte do que ainda tivesse consciência" Gosto disso, do que fala da essência do ser humano, em suor, cor e cheiro, sorriso, sabor, como carne, como matéria viva.
Gosto do texto, foge daquele romantismo clássico do 'eu e você sob a lua, eternos apaixonados'.
Seu texto é intenso.
Eu gosto de intensidade.
Beijos ;*

ANTONIO NAHUD JÚNIOR disse...

Que denso, Soluz! Gostei.