domingo, 19 de julho de 2009

Pulsar – Pequena Estrela

Se é tempo que tem pra pensar,
jazigo não será presente,
pois, no limite do que sente,
há a eternidade do mar.

Na Arte que renova a vida,
o coração se abre em pulsar
a pintar, escrever ou cantar...
A nova estrela surgida.

Astro de pura gravidade,
força que do cosmo emana,
da mente mais sã ou insana,
poder da real divindade.

Pensamentos então conquistam
o vale dos loucos mistérios
mostrando que não são tão sérios
os problemas que se nos listam.

E um breve estado de torpor
que rebusca, do vivo, o olhar,
expandindo sem nunca parar,
se apresenta completo amor.

4 comentários:

Mai ۞ ..iN bUtTeRfLy fOrM.. disse...

Traz vida esse brilho que vem do teu pensar...Me faz sorrir...desejar...querer mais, das coisas que tens para me ensinar...
As estrelas me deixa enamorada pela vida, quero cada dia mais pulsar. rs

Beijos de Luz!

Victor disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Victor disse...

Pulsa força tranquila,
Mas não seja ligeira,
Não me leve a paz da cabeça,
Seja a minha força verdadeira!

LETICIA disse...

* A AUSÊNCIA DIMINUI AS PAIXÕES MEDÍOCRES E AUMENTA AS GRANDES, ASSIM COMO O VENTO APAGA AS VELAS,MAS ATIÇA AS FOGUEIRAS.*

SOLUZ....
MUITO BOM O SEU BLOGGER!!!!!
PARABÉNS...